Remanso-Ba

Remanso-Ba
Foto:

PRÓ SABER

RRN

REAL

real

CLÍNICA SÃO MATEUS

HB

VISO

SALAO DE BELEZA

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

MULHER É CIMENTADA DENTRO DE CASA

Principal suspeito, marido foi encontrado morto em hotel na noite de quarta.

 G1 

A polícia civil localizou nesta quinta-feira (8) o corpo de uma mulher de 45 anos que foi cimentado debaixo da escada da casa onde ela morava em Lageado, na Zona Leste de São Paulo. 

Apesar de estar sepultado há algumas semanas, o corpo foi encontrado bastante preservado. Dois cães da Guarda Civil Metropolitana (GCM) ajudaram os policiais a localizar o cadáver. 

O principal suspeito pela morte da mulher é o marido dela, também de 45 anos, encontrado morto em um hotel na noite de quarta-feira (7).

A perícia apura a causa da morte da mulher, desaparecida há dois meses.

"Havia suspeita de que o corpo estivesse enterrado pela casa e no fundo da casa a gente encontrou o corpo cimentado e enterrado embaixo da escada. Ele emparedou a pessoa dentro do buraco da escada", disse o inspetor Wagner de Lourenço, da GCM.

"Ele usou esse local para poder emparedar, fechar, colocou concreto em cima da mulher, jogou areia por cima, madeira, mais concreto e fechou. O delegado da área já tinha vindo aqui, mas não teve êxito. Aí o cachorro veio e com o faro ele conseguiu detectar que tinha alguma coisa ali. Quando a gente quebrou, começou a quebrar, encontramos a mãozinha dela pra fora. Agora o Corpo de Bombeiros já veio, já arrebentou tudo, já expôs o corpo e a perícia está aqui fazendo o trabalho dela."

Segundo o inspetor, o trabalho de detecção do corpo foi realizado pelo GCM Barbosa, com a cadela Cassie e o GMC Dionísio com a cadela Moah. As cadelas são das raças Pastor Belga de Malinois e Braco Alemão.

GCMs e cadelas que atuaram em busca por mulher cimentada na Zona Leste (Foto: Divulgação/ GCM)

CASO BEATRIZ MOTA TEM NOVA DELEGADA NA INVESTIGAÇÃO

Gleide Ângelo assume investigação do Caso Beatriz

 Simone Marques


A delegada Gleide Ângelo, da Delegacia de Homicídios de Olinda, assume, a partir desta sexta-feira (9), as investigações do caso da menina Beatriz Angélica Mota, de 7 anos, que foi brutalmente assassinada em uma festa do Colégio Nossa Senhora Auxiliadora, em Petrolina, no Sertão. Ela presidirá as investigações, que também são reforçadas pelos delegados Alfredo Jorge e Marceone Ferreira.

A portaria foi assinada no último dia 7 pelo chefe da Polícia Civil do Estado, Antônio Barros. A delegada Sara Machado iniciou as investigações do caso, mas, dias depois, uma portaria foi assinada designando o delegado Marceone como chefe do caso. No último mês de setembro, a Polícia Civil divulgou imagens que poderiam ser do homem que teria assassinado a garota.

No vídeo, o suspeito aparece nas proximidades do colégio, e depois aparece entrando na quadra onde a festa acontecia. Em seguida, ele segue para o bebedouro, lugar onde Beatriz foi vista pela última vez. A menina foi morta com 40 facadas em 10 de dezembro de 2015.


(Com informações da Folha de PE)

CIENTISTA DESCOBREM MISTÉRIO NO ESTADO DA ÁGUA


A água não precisa estar em estado sólido, líquido ou gasoso, como aprendemos na escola. Basta ela se sentir pressionada o suficiente que surge uma quarta fase, que a física clássica não é capaz de explicar.

A descoberta bizarra foi feita por pesquisadores do Laboratório Nacional de Oak Ridge, nos Estados Unidos, quando observaram moléculas de água aprisionadas em um mineral chamado berilo, que compõe as esmeraldas.

Dentro do berilo, se espalham canais minúsculos que formam pequenas “jaulas” – as dimensões delas são tão diminutas que são medidas em átomos.

Cada jaula tem 5 átomos de tamanho e só é capaz de armazenar uma única molécula de água. Essa H2O é mantida em condições de extrema pressão, um baita aperto.

É nessas condições que os pesquisadores descobriram um fenômeno que não sabem explicar. A molécula de água não tinha propriedades de sólido, nem de gás, nem de líquido. Na verdade, seu comportamento não faz sentido de acordo com a física clássica.

O que os cientistas encontraram foi o efeito túnel – um fenômeno que só é observado em nível quântico, com partículas muito menores que uma molécula de água.

Normalmente, os elétrons param de se mover quando não têm energia para transpor uma barreira à sua frente. É como pensar em uma bola que precisa de um chute forte o suficiente para subir uma montanha.

Mas, no reino da física quântica, há situações em que vemos que essa bola, sem tomar uma bica, atravessa a montanha sem ganho de energia.

Na verdade, no mundo quântico, essa bola chega a estar dos dois lados da montanha ao mesmo tempo. Ou dentro da montanha.

O efeito túnel só se apresenta em situações específicas, em que os elétrons encontram uma barreira tão fina que há probabilidade de que eles simplesmente a ignorem e sigam em frente.

Mas essas leis da mecânica nunca antes foram aplicadas a moléculas de água. O que os pesquisadores do laboratório observaram é que, dentro das suas jaulas, as moléculas formavam anéis estranhos, e o hidrogênio dentro de cada uma assumia seis posições diferentes dentro da jaula – ao mesmo tempo.

Este quarto estado físico da água pode mudar a forma como pensamos no transporte desta substância dentro de ambientes pequenos e apertados, como nanotubos de carbono e até as membranas das nossas próprias células.

Não existe nenhum paralelo no dia a dia a que se possa comparar o fenômeno – e, para falar a verdade, nem os cientistas que participaram do estudo têm certeza de porque a água assume esse estranho comportamento quântico.

Mas de uma coisa eles têm certeza: cada anel de esmeralda de alguém é testemunha deste quarto estado da água, com suas moléculas de H2O claustrofóbicas tamborilando em efeito túnel junto aos dedos de alguém.

MORO CLASSIFICA COMO "LAMENTÁVEL" AÇÃO DE LULA CONTRA A PF

Juiz demonstra pesar com o fato de que autoridades fiquem sujeitas a retaliações de investigados.
Foto: Gisele Pimenta/Framephoto/Agência O Globo 

Em despacho desta quinta-feira, o juiz Sergio Moro chamou de “lamentável” a iniciativa da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de processar o delegado da Polícia Federal (PF) Felipe Pace e a equipe de investigações que apura desvios na Petrobras. Na decisão, em que o juiz autoriza o compartilhamento das informações do processo para que Advocacia Geral da União (AGU) faça a defesa do delegado, Moro demonstra pesar com o fato de que “autoridades públicas, no exercício de seu dever legal, fiquem sujeitas a retaliações por parte de investigados que confundem o exercício do dever funcional com ilícitos”.

O ex-presidente também moveu uma ação contra Moro por abuso de autoridade. Ele foi indiciado pela PF em julho. E está na mira de quatro processos da operação Lava-Jato.

Lula entrou com ação de reparação por danos morais de R$ 100 mil contra Pace, por este afirmar, no âmbito das investigações da Lava-Jato, que o ex-presidente foi identificado com o codinome de “amigo” nas planilhas de propinas apreendidas na empreiteira Odebrecht. Em seu relatório, Pace diz que a alcunha era utilizada por Marcelo Odebrecht e por seus interlocutores para se referir ao ex-presidente.

“O interesse público reclama o deferimento do requerido para que a defesa da autoridade policial não fique prejudicada, já que a demanda não é apenas contra ela, mas também contra o serviço policial federal”, diz o despacho de Moro.

A AGU, que assumiu a defesa da PF no caso, solicitou acesso aos autos, que estavam sub a tutela de Moro.

Agência O Globo

"VAQUINHA" PEDE R$ 500 MIL PARA CAMPANHA PRÓ-LULA

 Foto: Heinrich Aikawa/Instituto Lula   -    Grupo organiza crowdfunding na internet para mobilizar defesa de ex-presidente, réu na Lava Jato, e que se diz vítima de ‘caçada’.

Um comitê organizado por apoiadores do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está pedindo desde esta quinta-feira, 8, R$ 500 mil pela internet para ajudar na campanha em defesa do petista. A arrecadação faz parte da campanha “Um Brasil Justo pra Todos e pra Lula”, lançada no dia 10 do mês passado, reunindo políticos, artistas e intelectuais para denunciar o que Lula chama de “caçada judicial” contra ele e a “criminalização” do PT.

O grupo está pedindo dinheiro por meio de uma plataforma online de financiamento coletivo. O valor, afirmou a organização, servirá para patrocinar eventos, materiais de divulgação, ações internacionais, administração e custos do crowdfunding. Do total arrecadado, 40% serão destinados para bancar custos de comunicação em site, redes sociais, rádio, televisão e internet.

Como recompensa, a plataforma oferece desde a citação do colaborador no site da campanha e vídeo de agradecimento até exemplares de livros que defendem o ex-presidente, de acordo com o valor da doação. O site destaca que só serão aceitas doações de pessoas físicas. As transferências podem ser feitas até o dia 24 de dezembro.

Os organizadores citam que os objetivos da campanha são resistir à “onda de retrocessos em todos os níveis que toma conta do País”, contribuir para discussões que levem à antecipação das eleições diretas de 2018 e ajudar a romper o “cerco jurídico-midiático” que prejudica o petista.

A “vaquinha” está sendo divulgada nas redes sociais oficiais de Lula, que nas últimas semanas tem investido em eventos pelo País para atacar a força-tarefa da Lava Jato, a qual diz que é formada por “moleques” que envergonham o Ministério Público. Ele também critica o juiz federal Sérgio Moro, de Curitiba, e alega que o magistrado aceita denúncias “sem provas” contra ele.

Aliados

Entre os organizadores da campanha estão a presidente da União Brasileira dos Estudantes (UNE), Carina Vitral, o ex-coordenador da Equipe de Discursos da Presidência no governo Lula Carlos Tibúrcio, a ex-ministra da Secretaria de Políticas para as Mulheres no governo Dilma Rousseff Eleonora Menicucci, o jornalista Fernando Morais, o coordenador nacional do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), Guilherme Boulos, o coordenador nacional do Movimento Sem Terra (MST), João Pedro Stédile, e o presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Vagner Freitas.

O ex-presidente responde a três inquéritos e é réu na 13.ª Vara Federal de Curitiba. A defesa de Lula, diante das acusações, apresentou uma petição contra Moro no Comitê de Direitos Humanos, das Nações Unidas, em Genebra. O órgão ainda analisa a ação de Lula, que diz serem “arbitrárias” as ações do juiz da Lava Jato.

Estadão
Daniel Weterman

Colégio Olímpio Campinho é abraçado pela comunidade no “Transformaê”

olPor Victor Fabrízio
O Movimento Cultural TransformaÊ é coordenado pela Secretaria Estadual de Educação e contou com a participação da maioria das escolas estaduais de toda a Bahia, oferecendo diversos tipos de atividades com o objetivo de integrar a comunidade e alunos em torno de ações culturais, esportivas, artísticas e sociais.
O Colégio Estadual Cel. Olímpio Campinho, mantendo sua tradição de oferecer ações relevantes para sua comunidade interna e o público em geral, apresentou na terça-feira (06) o seu TransformaÊ com uma intensa e variada programação ao longo de todo o dia.
Palestras sobre saúde, testes laboratoriais, dança, exibições de grupos culturais, recreação, culinária regional e artesanato foram algumas das atividades realizadas no Colégio, que também integrou o 1º POPCON – Encontro de Cultura Pop Jovem de Remanso, com debate sobre temas nerd, sala de cinema, sala de leitura de HQs e Mangás, exibição de desenhos e o Encontro de Cosplay.
Todos saíram enriquecidos e se alegraram com este marcante encontro de grupos e temas interessantes à comunidade.
Clique aqui e confira fotos do evento.
Fonte:: redacao@remansonoticias.com.br

sábado, 26 de novembro de 2016

DELEGADO ALERTA PARA CUIDADOS DURANTE COMPRAS ONLINE

Se você juntou dinheiro o ano inteiro para aproveitar as ofertas da Black Friday e já está contando as horas para o início das promoções fique atento. As 24 horas de preços em baixa, dia que já ficou marcado no calendário do varejo nacional, também oferece grandes riscos ao bolso e, para fugir de todos eles, o coordenador do Grupo de Repressão aos Crimes por Meios Eletrônicos (GME), delegado João Cavadas, dá dicas simples que podem ajudar a escapar das fraudes muito comuns no período.
A atenção já começa com a escolha do site, que deve ser de lojas conhecidas e, de preferência, já estabelecidas no mercado. "Existem sites que, embora se apresentem como lojas online, são apenas intermediadores da venda, não se responsabilizando pelos problemas que venham a ocorrer com a negociação ou com o produto", explica Cavadas, que também orienta a análise mais cuidadosa das ofertas.
"Até liquidações possuem um perfil. Se a loja apresenta um produto com valor muito abaixo do convencional em relação a outros estabelecimentos, já é um sinal de alerta", continua o delegado. Negociações em computadores públicos ou linkados em redes não-particulares, como conexões wi-fi públicas por exemplo, também devem ser evitadas, já que facilitam a subtração de informações de quem realiza a compra.
Identificados site e conexão seguros para fechar o negócio, o comprador também deve ficar de olho na URL (endereço do site), observando se em algum momento durante a transação a identificação de entrada no site mudou. "Há casos de sites fraudulentos que apresentam o mesmo layout das lojas comuns, mas tem no endereço uma letra a mais ou a menos, indicando se tratar de outro sítio. Você imagina realizar uma compra, mas, na verdade, vai pagar por um produto que não existe, para uma empresa que não existe", ressalta.
Na hora de realizar o pagamento, a atenção deve estar voltada para o pequeno cadeado verde que deve estar do lado esquerdo antes da URL, garantindo a segurança do negócio. Com o número crescente dos tipos de fraudes em compras pela internet, o registro deste tipo de crime pode ser feito em qualquer delegacia territorial do estado. As unidades recebem o auxílio do grupo GME nas investigações, já responsáveis pela prisão de diversas quadrilhas especializadas.
Ascom SSP/BA

MORADORES DEVEM FICAR ATENTOS PARA O DESCARTE CORRETO DOS ENTULHOS DE CONSTRUÇÕES NESTE FINAL DE ANO

A Secretaria de Meio Ambiente e Ordem Pública alerta os moradores que aproveitam a chegada do fim de ano, para realizar reforma em seus imóveis ou iniciar uma construção que é preciso antes de qualquer intervenção, buscar a licença municipal. É necessário que os responsáveis contratem o papo entulho onde deverá ser depositado o restante dos materiais de construção, caso contrário, poderão ser autuados por exposição indevida de resíduos na via pública.
O Art 16 do Código de Polícia Administrativo, Lei Complementar 018/2016 diz que: o material de qualquer natureza deverá ser removido de imediato sendo tal ocorrência passível de multa que vai entre 0,5 a 10 do Valor de Referencia Fiscal (VRF); em espécie a multa varia de R$ 56,38 a R$ 1127,70.
Em função das previsões de chuva na cidade, a SEMAOP estará intensificando a fiscalização para coibir tais infrações e preservar a cidade em perfeitas condições de higiene e habitabilidade. "Esses resíduos em vias públicas comprometem a manutenção da limpeza, prejudica o sistema de drenagem de águas pluviais porque entope as galerias e atrapalha o trânsito. Todas as pessoas que estão construindo ou reformando devem ter o alvará de construção", pontuou o Secretário da SEMAOP, Agenor Souza.
Para denúncias e reclamações a população pode entrar em contato com a Secretaria pelo telefone 3612 3574 e a identificação será mantida em sigilo. Quem desejar registrar pessoalmente a demanda pode procurar a SEMAOP na Rua Oscar Ribeiro, Centro.
Ascom/Juazeiro

TUDO ESTÁ NO SEU LUGAR....

Claudia Leitte mostra corpão em gravação de novo clipe

Artista está gravando o vídeo do hit “Eu Gosto”
Foto: Instagram/Reprodução

VN

Claudinha Leitte está com tudo em cima. A artista compartilhou nas redes sociais uma foto em que mostra o corpão nos bastidores da gravação de seu mais novo clipe, em parceria com o Dennis DJ.

A artista está gravando o vídeo do hit “Eu Gosto”. “Se hoje foi porreta assim, imagina quando tudo estiver pronto. Parceiro, valeu! ‘Eu gosto’ é sucessão! Esse cara ‘taquitá’”, escreveu na legenda.

A cantora atualmente está no ar no “The Voice Brasil”, da TV Globo. O novo trabalho musical promete ser uma das músicas de sucesso do Carnaval.

IVETE SANGALO QUER VOLTAR ÀS NOVELAS

Ivete promete voltar a atuar em novelas em breve

“Em algum momento vou voltar e o público vai se surpreender!”, revela cantora

 VN

A cantora Ivete Sangalo quer muito voltar à telinha, mas ainda não sabe quando. A baiana está sem tempo para conciliar a carreira musical com a teledramaturgia. Ela, agora, também se prepara para comandar uma nova temporada do reality show “The Voice Kids”, que estreia no início do ano que vem. 

“Olha, atuar é uma paixão, me dá um negócio… Mas é uma paixão que vem ao lado de outra, a música. E eu não conseguiria viver sem cantar. Aí digo que vou tirar umas férias para atuar, estudar, só que falta tempo. Mas é uma coisa que gosto demais. Em algum momento vou voltar e o público vai se surpreender! Ou então não vai gostar”, declarou Ivete na coletiva de imprensa do reality show.

O último papel da cantora na TV foi na novela “Gabriela”, da Globo.

GAROTO MORRE ATROPELADO POR CAMINHÃO

Menino de 12 anos tenta pular na traseira de caminhão, cai e morre atropelado

http://varelanoticias.com.br/menino-de-12-anos-tenta-pular-na-traseira-de-caminhao-cai-e-morre-atropelado/
Moradores do bairro de Águas Claras tentaram linchar motorista quando ele desceu do veículo para prestar socorro

Redação VN

Um adolescente de 12 anos morreu após ser atropelado por um caminhão no bairro de Águas Claras, em Salvador, na noite desta quinta-feira (24). De acordo com a 3ª CIPM/ Cajazeiras, o acidente ocorreu por volta de 21h40 na Rua Celika Nogueira.

Ainda segundo a polícia, João Victor Oliveira tentou se pendurar no caminhão no momento em que o motorista, sem ver o menino, dava ré no veículo. João caiu e acabou atropelado. A população tentou linchar o condutor quando ele foi prestar socorro, ato que foi impedido com a chegada da guarnição acionada pela Base Comunitária.

A polícia ainda afirma que o garoto morreu no local e o motorista, que não teve sua identidade revelada, foi prestar depoimento na Central de Flagrantes.

MOSQUITO MALDITO CONTINUA CONSUMINDO UMA FORTUNA PARA COMBATÊ-LO

Combate à zika e ao Aedes aegypti terá R$ 23 milhões do BNDES

Resultado de imagem para MOSQUITO DA DENGUE
Com a proximidade do verão, doenças causadas pelo mosquito Aedes aegypti voltam a ser ameaça

Agência Brasil 

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) destinará R$ 23 milhões ao plano de enfrentamento da epidemia de zika elaborado pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Os recursos serão usados no desenvolvimento de kits de diagnóstico e em ações de combate ao transmissor do vírus, o mosquito Aedes aegypti.

As verbas são parte da linha de financiamento Funtec, de projetos de pesquisa. Os recursos são não reembolsáveis, ou seja, não precisam ser devolvidos pela Fiocruz ao banco.

O projeto da Fiocruz prevê o desenvolvimento de três testes de diagnóstico diferentes dos já existentes no mercado. Já as verbas destinadas ao combate ao vetor deverão ser aplicadas no uso da bactéria Wolbachia no Aedes aegypti para interromper o ciclo de transmissão da dengue, zika e chikungunya. Também há uma pesquisa que busca utilizar o próprio mosquito como veiculador de larvicida.

GOLPISTA NO WHATSAPP

Acusado se fingiu de mulher no WhatsApp para extorquir dinheiro de motorista na Bahia

Utilizando uma conta falsa criada no aplicativo, Paulo José Soares Batista pretendia obter R$ 5 mil da vítima
Foto: Divulgação/Polícia Civil

 VN

O desempregado Paulo José Soares Batista, o Paulinho, de 37 anos, é acusado de extorquir dinheiro de um conhecido, utilizando uma conta falsa do WhatsApp. Ele foi preso, na terça-feira (22), por uma equipe da Delegacia Territorial (DT) de Mata de São João (BA).

Na primeira etapa do golpe, iniciada há 15 dias, o acusado usou a conta para enviar mensagens se passando por uma bela jovem que se dizia interessada na vítima, um motorista de 50 anos. Para tornar o plano mais convincente, ele usou a foto de uma mulher escolhida na Internet para ilustrar o perfil.

Segundo a Polícia Civil, dois dias depois, Paulo alterou a foto do aplicativo e deu início à segunda fase do plano de extorsão. Se passando por um traficante casado com a usuária daquela conta, ele começou a enviar mensagens com ameaças de morte à vítima e seus familiares.

Já na terceira etapa do golpe, Paulo ligou para a vítima dizendo estar interessado em ajudá-la. Disse que conhecia o suposto traficante e que ele exigia R$ 5 mil para não cumprir as ameaças. Afirmou ainda que teria pagado R$ 2 mil do próprio bolso, mas que o restante do dinheiro deveria ser entregue imediatamente.

A vítima disse que estava fora da cidade e alegou não ter condições de pagar o dinheiro exigido. Paulo sugeriu então que o motorista vendesse os móveis e outros objetos que havia em sua residência a fim de conseguir o valor necessário. Ele até se propôs a achar interessados em comprá-los.

O motorista procurou a DT/Mata de São João, na segunda-feira (21), e informou o que estava acontecendo. As investigações foram iniciadas imediatamente e Paulo foi preso 24 horas depois da denúncia. Ele foi autuado em flagrante por extorsão e se encontra na carceragem daquela unidade policial, à disposição da Justiça. A polícia vai apurar se ele aplicou o mesmo golpe em outras vítimas.

MAIORES DE 40 ANOS PASSAM JOVENS EM Nº DE INTERNAUTAS NO BRASIL, DIZ IBGE

Maiores de 40 anos somam 30,3 milhões de internautas, indica Pnad 2015.
Brasil tinha 26,9 milhões de internautas com idade entre 15 e 24 anos.
Resultado de imagem para INTERNET

Helton Simões Gomes - G1, em São Paulo



Os brasileiros maiores de 40 anos ultrapassaram os jovens em 2015 e passaram a formar um grupo maior de internautas no Brasil do que o composto por pessoas com idade entre 15 e 24 anos.

Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta sexta-feira (25).

O número de internautas brasileiros cresceu 7,1% e chegou a 102,1 milhões em 2015. O ano marcou ainda a primeira vez que caiu o número de domicílios com computador e das casas com PCs conectados à internet.

'Quarentões' e maiores de 50
Considerando as faixas etárias, os “quarentões” e os “cinquentões” somados às pessoas mais idosas compõem, respectivamente, o segundo e o primeiro grupos de internautas que mais cresceram em 2015.

As pessoas com idade entre 40 e 49 anos conectadas à internet somaram 15,5 milhões, alta de 13,9% em relação a 2014. Já os usuários de internet com mais de 50 anos formaram um contingente de 14,8 milhões, 20,1% maior que no ano anterior.

Com isso, os brasileiros “cinquentões” e mais velhos se tornaram mais numerosos na internet que jovens com idade entre 20 e 24 anos, que eram 12,5 milhões. Eles se tornaram a terceira faixa etária mais abrangente do Brasil na rede, atrás só de “quarentões” e “trintões” (22,1 milhões).

O crescimento da presença online dos brasileiros com mais de 40 anos foi suficiente para que, juntos, chegassem a quase um terço de toda a população brasileira na internet. De quebra, superou os 26,9 milhões de jovens conectados em 2015.

A liderança dos mais velhos tende a crescer nos próximos anos. Isso porque a internet já é difundida entre jovens (quatro a cada cinco já estavam conectados em 2015), mas apresenta índices menores de adesão entre a população com idade superior a 30 anos.

Exemplifica a situação a relação entre os índices de conexão das pessoas maiores de 50 anos e o dos indivíduos com idade entre 20 aos 24 anos: só 27,8% daqueles com mais de cinco décadas de vida possuíam acesso e 80,7% dos jovens já estavam na rede.

FRAUDADORES DO ENEM GANHAM A LIBERDADE

Justiça concede liberdade provisória aos investigados de fraude ao Enem

Seds confirmou que Jonathan Galdino e Rodrigo Viana foram liberados. 
Eles foram alvos da operação Embuste, da Polícia Federal.

Michelly Oda - G1 Grande Minas

Agentes com um dos presos em Montes Claros
(Foto: Michelly Oda/G1)

A Secretaria de Estado de Defesa Social de Minas Gerais (Seds) confirmou a soltura de dois investigados da operação Embuste, que desarticulou uma organização criminosa que atuava com o objetivo de fraudar o Exame Nacional do ensino Médio (Enem). Jonathan Galdino dos Santos e Rodrigo Ferreira Viana foram liberados do presídio nesta sexta-feira (25). Eles tiveram que pagar fiança de R$ 10 mil e R$ 17 mil, respectivamente.

A operação foi realizada no domingo (6), e a Justiça expediu 28 mandados. Onze pessoas foram detidas por fraude no segundo dia de realização das provas. De acordo com a Polícia Federal, um gabarito chegava a custar R$ 180 mil e as provas eram repassadas por uma central telefônica.

Na decisão que concede a liberdade provisória pars os dois investigados, o juiz federal Wilson Medeiros Pereira argumentou que ambos não têm outros registros criminais e que há outras medidas cautelares que podem ser aplicadas com o poder de garantir que eles não irão cometer os mesmo crimes. A decisão ainda destaca que o cumprimento dos mandados pela PF interrompeu a prática cirminosa relacionada ao Enem.

O magistrado determinou que fossem cumpridas medidas como, comparecimento periódico em juízo, proibição de se ausentar da Comarca e proibição de manter contato com outros investigados. “Considerando que os vestibulares e outros certames públicos costumeiramente ocorrem nos finais de semana, deverão apresentar-se à autoridade policiais federal aos sábado e domingo, entre 10h e 15h”, destaca ainda na decisão.

Rodrigo Viana é apontado pela Polícia Federal como o líder da quadrilha, cabia a ele as funções de procurar “clientes” e buscar ainda pelos “pilotos”, pessoas com conhecimento em áreas específicas e que seriam responsáveis por fazer as provas. Posteriormente, os gabaritos eram repassados por quem contratava o grupo.

De acordo com a PF, Jonathan Galdino dos Santos dava apoio logístico; ele viajava com Rodrigo nas datas de realização dos vestibulares e também guardava e auxiliava na instalação dos equipamentos usados na fraude.

O G1 entrou em contato com os advogados dos dois, mas eles não atenderam as ligações.

Já foram beneficiados com a liberdade condicional Olavo Ponciano e Aurimar Fróes. Já Arnon Kelson da Silva, permanece preso.

Central e ponto apreendidos pela PF na fraude ao
Enem (Foto: Polícia Federal/Divulgação)

Sofisticação da fraude

Para a Polícia Federal, a tecnologia usada pelo grupo possibilitava que o resultado chegasse a qualquer lugar do país, e permitia ainda a comunicação entre quem repassava as respostas e quem as recebia, fato até então inédito.

O delegado Marcelo Freitas explicou que, de um hotel em Montes Claros, a quadrilha enviava o gabarito para os candidatos, que usavam um microponto colocado no ouvido e uma central telefônica acoplada no peito ou braço. Ambos podem ser apontados com o uso de detector de metais, mas a PF acredita que o equipamento não esteja sendo usado de maneira eficiente.

Ainda de acordo com a PF, como as ordens das questões das provas eram diferentes, quem passava o gabarito falava uma expressão do enunciado e outra expressão que constava em uma das alternativas, assim o candidato conseguia identificar a questão e resposta correta.

PF NUNCA TRABALHOU TANTO COMO NOS ÚLTIMOS MESES

PF deflagra operação contra desvios no transporte escolar em 5 cidades
Viaturas em Malhada de Pedras/Foto: Leitor BN / WhatsApp

Uma operação da Polícia Federal deflagrada na manhã desta sexta-feira (25) contra desvios de recursos de transporte escolar cumpre mandados judiciais nas cidades de Malhada de Pedras, no sudoeste; Salvador, Alagoinhas, no agreste; Itagibá, no Médio Rio de Contas, e São José do Jacuípe, na Bacia do Jacuípe. São cumpridos dois mandados de prisão preventiva, dois de prisão temporária, oito conduções coercitivas, três medidas cautelares e 15 mandados de busca e apreensão. A operação Vigilante foi desencadeada pela PF, com apoio do Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União (CGU). O prejuízo estimado ao Erário é de, pelo menos, R$ 3 milhões. Segundo a operação, foram identificadas fraudes em licitação, com direcionamento, para contratação de empresa vinculada a gestores municipais; superfaturamento mediante adulteração de quilometragem de linhas percorridas; e cobrança pela prestação de serviço de transporte, em dias sem atividade escolar. Em alguns casos, a quilometragem cobrada era mais do que o dobro da distância real percorrida. Cerca de 90 agentes participam da ação, entre policiais e auditores da CGU. Vigilante, nome da Operação, faz referência ao nome da empresa utilizada pela organização criminosa, que em tupi, significa vigilante; e faz alusão a órgãos de controle, que estão vigilantes quanto aos desvios de recursos públicos.

Candidato perderá direito à isenção se fizer Enem mais de 3 vezes

por Luísa Martins - Estadão Conteúdo
Foto: Agência Brasil

O candidato que prestar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) mais de três vezes com isenção de taxa perderá o direito à gratuidade a partir da quarta tentativa. A medida faz parte de um pacote de medidas elaborado pelo Ministério da Educação (MEC) para diminuir os custos da aplicação da prova, que neste ano superou os R$ 650 milhões. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão do MEC responsável pelo Enem, apura os motivos que levam candidatos a realizar o exame repetidas vezes - há relatos de pessoas que participam das provas por até 8 edições consecutivas. "Ainda estamos pesquisando quem são elas e qual a motivação para essa recorrência", informou à reportagem a secretária-executiva da pasta, Maria Helena Guimarães de Castro. "De qualquer forma, não faz sentido que façam sete vezes sem pagar. Vamos dar a oportunidade de isenção por até três edições", completou. Em reunião nesta quinta-feira, 24, entre o Inep e o Conselho Nacional dos Secretários de Educação (Consed), outras providências para tornar o Enem "mais sustentável" foram anunciadas. Por exemplo: a prova servirá apenas para acesso ao ensino superior, e não mais para que o candidato obtenha o certificado de conclusão do ensino médio. A decisão tem como base um índice muito baixo de sucesso: dos 990 mil inscritos para este fim, apenas 72 mil conseguiram o diploma - pouco mais de 7%.

GEDDEL ENTREGA CARTA DE DEMISSÃO

Situação do ministro se agravou depois do depoimento de Marcelo Calero à PF
Resultado de imagem para GEDDEL

Agência O Globo

O ministro Geddel Vieira Lima (Secretaria de Governo), acusado de tráfico de influência pelo ex-ministro Marcelo Calero (Cultura), entregou na manhã desta sexta-feira sua carta de demissão.

Calero acusou o presidente Michel Temer de também pressioná-lo a liberar obras do prédio La Vue, em área embargada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em Salvador. Ele prestou depoimento à Polícia Federal e disse que o presidente determinou que ele “construísse uma saída” para o caso.